Para / To:

Normas publicacao AS

AFRICANA STUDIA EDITORIAL ETHICS

 

- Advertising and conflict of interests

The Editorial Board of Africana Studia (AS) states that advertising or other commercial revenue has no impact or influence on AS editorial decisions.

This is an International Journal published by the R & D Unit CEAUP. It is established by the Editorial Board of AS not to accept in the Journal advertisements other than the one coming from similar scientific journals.

 

2 - Edition

The Editorial Board of AS is responsible for deciding which of the articles submitted to the journal are be published. The decision is grounded on the editorial project of each Journal issue and on the criteria provided by the peer-reviewers involved.

 

2.1. Editorial point of view

 The editorial ‘opinion’ on each Journal issue is given at page 3 and is clearly identified as such. It is signed by the responsible editor or co-editor or each issue; otherwise it reflects the AS point of view on the subject in reference.

 

2.2. Reviewing Practices

Every manuscript is blindly evaluated by at least two peer-reviewers on the base of a standard enquiry provided by the Editorial Board of AS.

Submitted manuscripts are to be considered as confidential documents and no information concerning them is to be disclosed to anyone other than the corresponding author, the reviewers or other members of the AS Editorial Board. Unpublished information disclosed in a submitted manuscript must not be used in a reviewer's own research without the express written consent of the author.

 The reviewer’s information is to be blindly delivered to the authors in a maximum period of six months after the manuscript submission. It will be accompanied by the final decision of publication issued by the Editorial Board of AS.

Complaints based on ethical grounds regarding published articles oblige the Editorial Board of AS to contact his/her author and may also lead to further communications to the institutions and research bodies.

 

2.3. Articles – Submission and publishing requirements

Authors are considered those who have made significant contributions to the papers submitted. Therefore, if more than one, all must be identified as co-authors. Those who have just participated in a lesser degree to articles should be identified as contributors.

All authors are committed to present only original works.

 In the case they have used their own previous work and/or works of others, these should be appropriately cited or quoted.  No paper is published without sufficient detail and references to permit others to validate the provided information. Information from private or oral sources must not be used or reported without explicit permission from the source.

Fraudulent statements are to be tracked and eliminated and both the Scientific Board of AS and the peer-reviewers involved at each journal issue are urged to prevent such practices.

Authors are also committed to notify the Editorial Board of AS of significant errors or inaccuracies in their published work in order to correct it.

Authors are committed to explicit the sources of the financial support they used to produce their scientific outputs.

 

2.4. Interviews and publication of oral sources

The published interviews follow the pattern internationally accepted by the International Oral History Associations.

No interview is ever published without proper revision and consent of the interviewed. The consent extends to the subtitles and headlines of each published interview.

 

2.5. Book Reviews and other Reports

Book reviewers must abide by a standard enquiry in order to provide accurate and objective reviews of books and papers.

Reports of Scientific Events reflect the author’s own point of view. As regards complaints on ethical grounds and errors that may be received concerning them, the Editorial Board of AS will proceed as referred above in the case of articles.

 

3. Non peer reviewed sections

The non-peer reviewed sections of the Africana Studia are the Entrevista (Inteview) and Notas de Leitura (Reviewers Notes). 

 

 

 

Critérios para publicação

 

1)    A Africana Studia aceita trabalhos científicos inéditos de qualquer área de investigação cuja temática seja África ou sociedades africanas. Os trabalhos poderão ser entregues em português, inglês ou francês.

2)    A publicação de trabalhos está sujeita a apreciação do Conselho Editorial, que recorrerá ao Conselho Científico sempre que julgar necessário, e de um painel de árbitros constituído por membros internos e externos ao CEAUP.

 

 

Normas para apresentação de originais

 

1)    Devem ser entregues em  ficheiro informático (via correio electrónico ou  CD), de preferência no programa WORD para Windows. O corpo de letra deverá ser de 12 pontos em fonte Areal ou Times New Roman, e o entrelinhamento de espaço e meio.

2)    As imagens ( mapas, quadros, figuras, fotografias etc.) devem ser numeradas de 001 a N. O número atribuído a cada imagem deve ser colocado no original na localização que o autor entende ser a mais conveniente. Estes elementos deverão ser entregues em ficheiros individuais ( com a extensão XLS para ficheiros Excel e JPEG, TIFF ou EPS para os outros casos). Cada ficheiro deverá ter o número atribuído como identificação e colocado numa pasta a que se chamará “imagens”. As imagens deverão ter no mínimo 10x6 cm com 1200x800 pixel (300 dpi). Será de grande utilidade que todos os originais de mapas, fotografias etc sejam entregues com o original/texto para que o tratamento das imagens seja efectuado com rigor.

3)    Os artigos terão no máximo 70.000 caracteres, incluindo espaços, notas e bibliografia (não serão contadas as imagens). Cada artigo será acompanhado de dois resumos: em português e/ou inglês e/ ou francês, com um máximo de 500 caracteres. O resumo deverá incluir um conjunto de palavras-chave (máximo de 6), assim a identificação do autor (instituição, ultimas publicações e contactos)

4)    As recensões não poderão exceder os 25.000 caracteres.

5)    Não serão considerados os artigos ou recensões que ultrapassarem o número máximo de caracteres ou que não cumpram as normas de apresentação de originais.

 

 

Normas de revisão e citação bibliográfica

 

1)    Os autores terão a possibilidade de reverem em últimas provas os seus trabalhos, após a revisão feita no CEAUP. Os autores comprometem-se a devolver as provas uma semana após o seu envio. Em caso de total indisponibilidade os autores deverão declarar por escrito que prescindem dessa revisão de autor.

2)    As referências a autores, no texto, seguem a norma (autor, ano). Se houver uma referência a um mesmo autor no mesmo ano, este deve ser seguido de uma letra minúscula. Ex: (Rodrigues, 2000a) (Rodrigues, 2000b). Se a referencia citada for de vários autores ficará: (Rodrigues et alia., 2000).

3)    As transcrições deverão ser em itálico, assim como vocábulos em língua estrangeira.

4)    As notas de rodapé e outras deverão limitar-se a informações complementares de interesse substantivo, não ultrapassando 5 linhas em corpo 10.

5)    A bibliografia será colocada no fim do artigo e deverá conter apenas as referências introduzidas no texto, listando-as por ordem alfabética e por ordem cronológica crescente quando forem do mesmo autor.

6)    A bibliografia deve seguir os seguintes exemplos:

§  Livros: Rodrigues, Carlos (2001), Os novos poderes em África, Porto: Campo das Letras.

§  Colectâneas : Rodrigues, Carlos, Matos, A. e Silva, António, orgs (2002), Os novos poderes em África, Porto: Campo das Letras.

§  Artigos em revistas: Rodrigues, Carlos (2001), Os novos poderes em África, Africana Studia, nº 8, págs. 12 a 35.

§  Artigos em Colectâneas: Matos, A. (2002), Os novos políticos africanos, in, Rodrigues, Carlos, Matos, A. e Silva, António, orgs , Os novos poderes em África, Porto: Campo das Letras.

§  As traduções deverão indicar sempre que possível o ano da 1ª publicação e o tradutor.

§  Na bibliografia electrónica indicar sempre o site/path, a data do artigo e a data da consulta.

 

 

Após a publicação, os direitos de autor passam a ser pertença da Africana Studia.

As imagens originais serão devolvidas.

Os originais não serão devolvidos.


 

Conselho Editorial / Editorial  Board

Amélia Queiróz

Flora Oliveira

Maciel Santos

Olavo Bilac Cardoso

Radia Kharchi Benani

Rui da Silva


Conselho Científico /Advisory Board

Adriano Vasco Rodrigues (CEAUP)

Alexander Keese (U. Genève/CEAUP)

Ana Maria Brito (FLUP)

Augusto Nascimento (FLUL),

Collette Dubois (U. Aix-en- Provence)

Eduardo Costa Dias (CEA-ISCTE)

Eduardo Medeiros (U. Évora)

Emmanuel Tchoutchoua (U. Douala)

Fernando Afonso (Unilab/CEAUP)

Jean Gormo (U. Maroua/CEAUP)

Joana Pereira Leite (CESA-ISEG)

João Garcia (FLUP)

José Carlos Venâncio (U. Beira Interior)

Malyn Newitt (King’s College)

Manuel Rodrigues de Areia (U. Coimbra)

Manzambi V Fernandes (Faculdade de Letras e Ciências Sociais de Luanda)/ CEAUP)

Michel Cahen (IEP—U. Bordéus IV)

Mourad Aty (U. Guelma)

Nizar Tadjiti (U. Tetouan/CEAUP)

Paul Nugent (U. Edimburgo)

Paulo de Carvalho (Faculdade de Letras e Ciências Sociais de Luanda)

Philip Havik, (IHMT), Suzanne Daveau (U. Lisboa)

Roland Afungang (CEAUP)

 

Últimas Notícias