4- Entrevista com Adolfo Maria




Para Ouvir:  

Entrevista com Adolfo Maria

Data: 25 de Novembro de 2019

Entrevistado: Adolfo Maria

Local da entrevista: Lisboa

Entrevistador: Cláudio Fortuna

Contexto: 

Adolfo Maria, nascido em Luanda, é conhecido pela sua participação na luta pela Independência de Angola, através do combate cultural, político e armado, empreendido desde muito jovem. Esteve preso em 1959 pela polícia política portuguesa, a PIDE, por atividades nacionalistas.

No exílio, para onde partira em 1962, foi um dos fundadores do Centro de Estudos Angolanos, em Argel. Transferido em 1969 para a II Região político-militar do MPLA, dirigiu a Rádio Angola Combatente. Fez parte, em 1974, de uma tendência do MPLA, a Revolta Ativa. Por esse facto, cinco meses após a independência, foi obrigado a esconder-se durante quase três anos para escapar à captura pela polícia política angolana, a DISA. Após a amnistia, em setembro de 1978, Adolfo Maria, fez saber que estava vivo. Ficou preso cerca de três meses e depois expulso para Portugal, em janeiro de 1979, onde reencontrou o seu companheiro de luta Gentil Viana (destacado militante da Revolta Ativa) que estivera preso e fora torturado, sendo expulso de Angola em finais de 1978.

Publicou vários livros e artigos em jornais, assim como tem participado em vários colóquios e conferências sobre Angola e África. Tem entrevistas em vários órgãos de comunicação social radiofónica e televisiva e na imprensa, nomeadamente o Novo Jornal, de Luanda.

Esta entrevista integra-se no projeto de obter depoimentos históricos de nacionalista que participaram da luta de libertação nacional de Angola, sobretudo pela via do combate cultural que veio a desembocar no político e cuja meta era o da libertação dos angolanos do jugo colonial. Por outro lado, pretende unir elementos narrativos que permitam compreender os meandros da história dos Movimentos de libertação Nacional de Angola, sobretudo no seio do MPLA, partido que governa Angola, desde a data da sua independência á 11 de novembro de 1975.

 

Palavras-chave: Angola – partidos políticos; MPLA; Revolta Ativa; Gentil Viana; Daniel Chipenda; Lusaka - congresso

Documento publicado por:  CEAUP

  


©:
É permitida a cópia de partes deste documento, sem qualquer modificação, para utilização individual. A reprodução de partes do seu conteúdo é permitida exclusivamente em documentos científicos, com indicação expressa da fonte.
Não é permitida qualquer utilização comercial. Não é permitida a sua disponibilização através de rede electrónica ou qualquer forma de partilha electrónica.
Em caso de dúvida ou pedido de autorização, contactar directamente o CEAUP.

Se encontrou alguma dificuldade ou a procura gerou algum erro, informe-nos e consulte-nos por e-mail.

R&D Supported by

R&D Unit integrated in the project number UIDB/00495/2020 and UIDP/00495/2020.

 

Contacts

Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto
Via panorâmica, s/n
4150-564 Porto
Portugal

+351 22 607 71 41
ceaup@letras.up.pt